Aplicativo promete reinventar a experiência do futebol

Outro dia a gente falou por aqui sobre Mobilizing The 12th Man, uma ação que permitiu que os torcedores do C.S. Hammam-Lif estivessem virtualmente presentes em uma partida decisiva do time, na Tunísia. Se você é fã de futebol e ficou imaginando como seria ter um aplicativo destes para usar naqueles jogos em que você gostaria de ir, uma alternativa é o Vubooo, que promete “reinventar a experiência do futebol”. A versão oficial, que ganha uma nova interface, deve ser lançada ainda este mês.

Apesar do nome estranho – que soa como vodu, mas nada mais é do que uma combinação de vuvuzela e a onomatopeia ”boo” -, a ideia é criar uma maior interação em tempo real entre os torcedores, em um estádio virtual especialmente criado para isso, com foco maior na comunicação visual.

Entre os destaques do aplicativo, é possível arriscar palpites do placar final das partidas, distribuir cartões amarelos e vermelhos, expressar os sentimentos diante de uma jogada, entre outras possibilidades. Isso sem contar que é uma forma diferente de se acompanhar o jogo pela internet, já que as atualizações são feitas em tempo real.

O grande teste foi na semifinais da UEFA Champions League - foram mais de 200 mil interações durante os jogos -, mas os fundadores e fãs declarados do Barcelona Itav Topaz e Alon Har-Tal parecem já estar de olho na Copa de 2014. Segundo Itav, o aplicativo comprovou ser 3x mais engajador que o Twitter, mas resta saber se vai cair no gosto dos brasileiros.

O aplicativo oficial estará disponível para download somente para iOS, mas antes que o mi-m-imi comece, a gente descobriu que a versão beta para Android foi atualizada recentemente e continua disponível na Google Play. Pelo menos por enquanto, é gratuito para os dois sistemas.

vubooo

Brainstorm9Post originalmente publicado no Brainstorm #9
Twitter | Facebook | Contato | Anuncie

Promovendo o início do Campeonato Inglês, Barclays agradece quem realmente importa

Com a início da temporada 2013/2014 da Premier League inglesa, o principal patrocinador da competição se volta para os torcedores.

O banco Barclays agradece aqueles que tornam a festa possível, indo aos estádios apoiar seu time, percorrendo distâncias para torcer e sofrer. A trilha sonora atrapalha, deixa piegas, mas a mensagem é bonita.

Vale notar que, mesmo sendo a marca com direito de abusar do licenciamento, o filme opta por não mostrar jogadores, bola, e gol. Algo que qualquer cliente que gastou milhões com patrocínio jamais aceitaria. Fica a dica também para as empresas que não tem direito de uso de imagem. Uma excelente saída, em vez de usar times e uniformes genéricos, que não causam impacto algum no espectador. Em época de Copa do Mundo, isso se agrava.

Último pensamento: Aqui no Brasil não daria pra fazer um comercial assim. Os estádios estão sempre vazios. Com exceção dos jogos do Campeão do Mundo, é claro. (E que comecem os irritados comentários abaixo. Vocês brigam, mas sabem que é verdade ;))

Barclays Premier League
Barclays Premier League

Brainstorm9Post originalmente publicado no Brainstorm #9
Twitter | Facebook | Contato | Anuncie

Aplicativo conecta torcedores a seu time

Dois anos após a Primavera Árabe, o conflito ainda permanece na região e as liberdades continuam restritas. Algo simples para nós, brasileiros, como ir a um estádio ver nosso time jogar, tornou-se impraticável na Tunísia. É aí que entra a ação Mobilizing The 12th Man, que os escritórios da Ogilvy Tunísia e Dubai desenvolveram em parceria para ajudar o time C.S. Hammam-Lif a se conectar com seus torcedores no mais importante jogo da liga.

Como estavam proibidos de ir ao jogo, os torcedores foram incentivados a baixar um aplicativo para smartphone ligado a 40 enormes auto-falantes estrategicamente posicionados no estádio. Bastava um clique para escolher o som que os fãs gostariam de ouvir reproduzidos: torcida, palmas, tambores, cantos…

Graças ao aplicativo, o estádio com capacidade para 12 mil pessoas conseguiu reunir mais de 93 mil torcedores, criando um resultado de arrepiar. E mesmo com o estádio vazio, o som tomou conta campo, e os jogadores encontraram o apoio que precisavam para seguir em frente, vencendo a partida por 1 a 0.

O diretor de arte brasileiro Leo Ehrlich conta que criou todos os visuais do projeto em Dubai, que depois foram finalizados pela equipe na Tunísia. Além da mídia espontânea, a ação levou 7 leões em Cannes, cinco de prata, dois de bronze.

Já pensou uma ação dessas na Copa?

tunisiatunisia1tunisia2tunisia3

Brainstorm9Post originalmente publicado no Brainstorm #9
Twitter | Facebook | Contato | Anuncie

Torcida do Flamengo cria mosaico com colaboração da Olympikus

Flamengo Mosaico

O vídeo abaixo mostra a torcida do Flamengo, o Campeão Brasileiro de 2009 (ou não?), trabalhando para criar uma festa para mais de 80 mil pessoas. Com a colaboração da Olympikus, patrocinadora do clube, os torcedores realizaram o que chamam de “o maior mosaico do mundo”.

Mas agora fica a polêmica: supera esse do Fluminense, a maior Fênix futebolística dos últimos tempos (ou não?)? Essa é uma pergunta para os torcedores cariocas.

Em matéria de mosaico, eu ainda prefiro o Misha, esse sim era o cara, fez um monte de gente chorar com plaquinhas e um boneco que vai embora. E olha que eu nem era nascido.

Brainstorm #9Post originalmente publicado no Brainstorm #9
Twitter | Contato | Anuncie